Como estudar? · Dicas de estudos

É POSSÍVEL PASSAR SÓ COM RESUMOS?

Boa tarde (aqui no Acre ainda é tarde)!

Depois de um descanso desse feriado, vamos voltar com tudo nos posts. Me mandam sugestões!! O tema de hoje foi sugerido por um seguidor do instagram, o qual agradeço pela ideia. O direcionamento desse post é para a Procuradoria Federal, ok?!

  • É POSSÍVEL PASSAR EM UM CONCURSO DE GRANDE PORTE SÓ COM RESUMOS?

Temos que ter em mente que para passar em uma prova temos que ser (na maior parte) medianos em todas as matérias. Não adianta estudar todo o edital e não saber NADA de uma matéria. Fica impossível até de chutar. Por isso recomendo que caso o tempo seja escasso, utilize materiais sucintos. É preciso ter uma noção da maioria dos assuntos. Obviamente, há matérias que são de conhecimento obrigatório do candidato, mas outras basta saber fazer a prova. Tem uma diferença gritante nisso! Tendo em vista isso, vamos às próprias matérias e o que eu acho essencial saber para montar uma estratégia de estudos:

a) Constitucional: é E S S E N C I A L saber a letra da CF, até porque ela engloba todas as matérias do edital. Tem tributário, administrativo, previdenciário, financeiro, etc no texto da Constituição. Quanto à parte de doutrina, acho muito importante ler Teoria da Constituição + Controle de Constitucionalidade. Foco nesses temas doutrinários, o resto dá pra aprender com a letra da lei e questões.

b) Administrativo: aqui acho interessante ler um (APENAS UMMM!) Manual Completo (por ex: Matheus Carvalho OU Rafael Oliveira). É muito importante ler as leis administrativas também, mas se você estiver BEM atento à leitura da doutrina perceberá que os principais artigos cobrados já estão dispostos no decorrer do texto. Dá pra otimizar o tempo aqui. Quanto aos temas cobrados, tenho um sugestão: estude tudo. Ainda que os temas mais cobrados sejam organização administrativa, licitação e contratos administrativos, poderes, servidores públicos é MUITO recomendável caprichar na disciplina! Sem preguiça, pessoal!

E quanto a sinopse? Dá pra estudar apenas por ela? Sinceramente, conheço sinopses excepcionais (ex: Ronny Charles- Juspodivm), a qual eu usei na minha preparação para a primeira fase. Recomendo muito! Leitura leve e densa! Podem usar sem medo. Não conheço outra que possa indicar – se tiverem alguma sugestão é só falar! Não acho possível utilizar só vídeo-aula nessa matéria, uma vez que ela é extensa e cheia de detalhes, os quais serão impossíveis de serem ministrados com completude em uma aula.

c) Tributário: acho plausível demais utilizar apenas um resumo ou sinopse (o da juspodivm é bom!). A matéria não é cobrada de forma tão detalhada quanto nas Procuradorias Estaduais. Entretanto, se estiver folgado leia um manual. As conexões da disciplina vão te ajudar na compreensão de uma visão fazendária e te deixará afiado para todas as provas de advocacia pública. Focaria em Tributário Parte Geral + impostos federais. Só estudaria impostos estaduais e municipais se sobrasse tempo. E foco na CF! Não cai, despenca.

d) Processo Civil: essa matéria, senhor, só Jesus na causa. Parece que nunca tem fim (kkkkk!). Dá para usar resumo ou sinopse? Eu leria uma manual, tendo em vista que será utilizada em todas as fases do concurso. Mas é muito eficaz ler apenas um resumo ou assistir um curso completo e focar na lei seca + questões (EU FIZ ISSO!). Entretanto, NÃO DEIXE DE LER um livro específico da Fazenda em Juízo – esse sim é essencial. Há duas opções bem ventiladas no mercado: Poder Público em Juízo (leitura fácil e dinâmica – É COMPLETO E SUFICIENTE!) e o Fazenda Pública em Juízo (leitura mais densa, porém maravilhoso).

e) Ambiental: sem dúvidas leiam um resumo!!! A disciplina é cobrada de forma simples e a conjugação de informativos + lei seca + resumo vai garantir uma boa pontuação na matéria. Pra quem gosta de aula, invista nessa matéria. Economiza tempo assim!

f) Trabalho e Processo do Trabalho: resumo, resumo, resumo! Não temos tempo para perder nessas “matérias secundárias”. A mesma dica de aula acima se aplica nessas matérias – assisti às do ênfase. Na prova CESPE costuma-se cobrar muitas súmulas e OJs trabalhistas (não deixem de ler!!)

g) Financeiro: cai muita lei seca, muita, muita, muita! Mas em virtude da “aridez” da matéria, recomendo fortemente a leitura do Harrison para auxiliá-los na compreensão da matéria. De nada adiantar ler a lei e não compreender. O próprio livro já é bem pequeno, vale a pena investir na leitura dele! É muito bacana.

h) Internacional Público e Privado: R E S U M O ou anotações de aula. Acho uma bobagem e perda de tempo ler um manual com mais de 1000 páginas pra essa matéria. Vale muito mais ler um resumo ou ver algumas aulas e investir no processo de revisão + questões + informativos.

i) Penal e Processo Penal: MESMA consideração da disciplina acima. Esse não é o foco da sua prova. Concentre-se em saber o basicão da doutrina (o que é obtido por resumos) e compreender os informativos.

j) Empresarial: N A D A de ler livrão aqui. Até porque tenho certeza que você não vai compreender muito (ngm entende, fato hehehe). LEIAM resumos ou vejam aulas e foquem na lei seca (cai muito) + informativo (despenca)!!! Foquem no direito de empresa e em direito societário.

k) Civil: ESSE TAMBÉM NÃO É O FOCO DA SUA PROVA. Então, LEIAM RESUMO e invistam MUITO em lei seca + informativos. Não é uma matéria difícil e pode te dar uns bons pontos na prova. Mesmo recado para quem gosta de aula: pode investir e ficar só com essa base doutrinária. Sem medo.

l) Econômico: lei seca + informativos. A prova não passa disso. Se houver necessidade de ter uma base doutrinária, foco em resumo resumidíssimo. NADA mais que 100 páginas. Foco na lei do CADE e na parte econômica da CF.

m) Previdenciário: como estamos tratando de Procuradoria Federal, nada mais justo que investir nessa disciplina. É o cerne da instituição! Os PFs trabalham diariamente com o tema. Aqui recomendo a leitura da Sinopse do Frederico Amado – é sinopse, mas é densa e completa. Estudem tudo da matéria.

Como viram, são poucas matérias que exigem uma preparação mais intensiva do candidato. É interessante começar com essas que são cobradas mais profundamente, porque as secundárias são facinhas de estudar! Lembrando que cada um tem um jeitinho especial de estudar e o post é apenas uma sugestão. Espero que gostem.

Beijinho e bons estudos!

Nat

32 comentários em “É POSSÍVEL PASSAR SÓ COM RESUMOS?

  1. Muito bom o post. Leio todos os posts que você publica. Obrigado por ajudar os que estão começando (no caso eu, hehe) e os que ainda estão se preparando. Gostaria que falasse também a respeito de defensoria. Obrigado

    Curtir

  2. muito obrigada pelas dicas!! você arrasa!
    quanto a 2 fase você acha que as aulas de peças do ênfase são suficientes?
    ps: por favor faz um post sobre marcação no vade mecum hehehehehe to com medo do que pode ou não ter marcado e/ou remissões para a 2 fase. obrigada desde já!

    parabéns pelo blog e instagram!

    Curtir

  3. Só não gostei da parte de “matar dois gatos com um tiro só”. Pra quem ama os animais sofre lendo com termos pejorativos, mesmo inocentes, como esses. No mais, suas dicas são sempre muito úteis pros concurseiros de procuradorias!

    Curtir

  4. Boa tarde Natalia, parabéns pelo site e pelo post. Acompanho seu instagram também, ótimo postagens, principalmente aquela dos 200 dias de Procuradoria Federal. Uma pergunta quanto a este post: Como você falou, é específico para a Procuradoria Federal, mas não seria para a AGU também? O que você acrescentaria no caso da AGU?

    Curtir

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s