Depoimentos · Dicas de estudos

Depoimento – Fernanda Farrapeira – aprovada na AGU.

Hoje o depoimento é de uma grande amiga que fiz durante o concurso da AGU – Fernanda Farrapeira. Segue o relato:

Me formei no final de 2009 depois de uma faculdade muito mal aproveitada. Culpa minha, é verdade. Quando me tornei bacharela em Direito – e passei do status de estudante para desempregada -, passei a correr atrás do prejuízo e me dediquei ao concurso de analista do MPU, o qual logrei êxito em 2010. Assumi naquele mesmo ano, e, depois disso, foram anos de pouca dedicação aos estudos. Nesse período casei e mudei de cidade algumas vezes (em razão do cargo do meu marido). Estudava esporadicamente, por períodos curtos, normalmente 2 ou 3 semanas antes de alguma prova a qual me obriguei a pagar a taxa de inscrição. Nunca fui disciplinada. Claro que durante esse período eu aprendi bastante coisa no trabalho, sobretudo em penal, processo penal, administrativo e processo civil, peguei “base” nessas matérias. Quando eu soube que ia sair o edital da AGU, 20 dias antes eu comecei a estudar muito. Meu estudo para concurso sempre foi bastante direcionado: eu não queria ser inteligente; apenas queria passar. E para isso, é preciso aprender a estudar da maneira certa. Isso corresponde a realização de MUITOS EXERCÍCIOS diariamente (qconcursos.com). Ninguém passa em concurso hoje em dia sem treinar fazendo questões. Pode ser o phd em Direito, NÃO PASSA!! Como era Cespe, li a revisão de informativos do Dizer o Direito especificamente para esse concurso (caíram muitas questões que estavam na revisão, viu?) e procurei fazer as provas anteriores para entender bem a sistemática. Eu não tinha tempo de estudar o edital inteiro, pois comecei tarde. Portanto, era salutar o mapeamento das matérias mais incidentes. Deu certo! Concurso também tem o fator sorte, caiu muita coisa que eu havia estudado.

Se eu puder dar dicas de concurso para alguém seriam essas:

1) caso esteja ainda na faculdade, aproveite-a bem. Fará diferença, garanto.

2) Converse com quem já passou, pegue as dicas, não precisa ser um coach (embora possa ser interessante para alguns);

3) disciplina é, sim, um fator importante. Mas mais importante é a força de vontade e a persistência. Curtir a vida de vez em quando faz bem para a mente e para os estudos;

4) faça muitas questões, MTAS, TONELADAS! Faça delas pelo menos a metade do seu estudo para primeiras fases;

5) Saiba estudar, mapeie as provas, veja o que cai mais; conheça a banca! Estudo para FGV é um, FCC outro, CESPE outro;

6) revise, revise e revise. Vc só vai fixar depois de muitas revisões!


Não existe fórmula mágica para concurso. Não existe isso de ter que estudar tantas horas por dia ou ler determinados livros. Cada um é cada um. Cada um sabe seu ponto fraco, sabe de suas necessidades, responsabilidades, concentração e distrações. Estudar para concurso também é se conhecer!
Não sou um exemplo de concurseira justamente por minha falta de disciplina, mas isso é só para vcs verem que quase nada em concurso é 100%. Por fim, é estudar até passar! Um dia chega! E vai valer a pena!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s